Como montar uma loja de conveniência

Se você está pensando em investir em uma loja de conveniência, está indo para o caminho certo. Afinal, este é um dos segmentos que mais crescem no Brasil! Por isso, nossa pauta de hoje é: Como montar uma loja de conveniência?

No Brasil, o segmento de conveniência cresce cerca de 20% ao ano, faturando R$ 3,3 bilhões por ano e gerando mais de 200 mil empregos diretos e indiretos.

Os números dizem tudo. Então, se você quiser saber como montar uma loja de conveniência, vem com a gente!

Como montar uma loja de conveniência na prática

O primeiro passo para montar uma loja de conveniência é o mais importante, o seu público-alvo! Afinal, ele vai seguir com você durante toda a existência do seu negócio.

Ou seja, a partir dele que vem todos os outros detalhes como:

  • Localização;
  • Estrutura;
  • Mix de produtos.

Estes são apenas alguns dos detalhes que você terá que pensar. Então, vamos para o primeiro passo:

Defina suas personas

 

Antes de escolher o seu ponto comercial, você deve primeiro definir o posicionamento de sua loja e qual o público que pretende atingir. Inicialmente, crie as personas do seu negócio, ou seja, perfil com informações sobre as pessoas que consomem seus produtos. Você pode levantar os dados dos seus clientes através de pesquisas de satisfação e conversas informais ou Redes Sociais. Desta forma, é possível  saber como atingir de forma amigável o universo do cliente e entender melhor quais são os seus desejos e sonhos de consumo.

Essas informações vão dar uma boa indicação da localização ideal para o seu ponto comercial.

Faça uma análise de mercado

Esse é um ponto essencial na sua estratégia: avaliar o mercado. É preciso saber se a sua cidade, bairro ou rua comporta uma nova loja de conveniência, caso já existam na sua região.

Neste caso o ideal é realizar uma pesquisa de mercado. Mas, pensando que você está iniciando um negócio e a verba pode estar curta, simplificamos esta etapa.

Dependendo do tamanho da sua cidade, seu foco pode ser apenas o seu bairro. Portanto, faça uma lista de todas as lojas de conveniência do seu bairro ou cidade. Com isso em mãos, veja quantas lojas ficam perto de onde você pretende montar seu negócio.

Veja qual é a proposta destas lojas: a classe social de seus clientes e quais marcas vendem.

Com esses dados em mãos, faça uma análise SWOT (forças, fraquezas, ameaças e oportunidades). Essa análise vai te ajudar a montar um cenário do mercado em que pretende atuar, a escolher o ponto de venda adequado e posicionar sua marca.

Franquia ou loja própria?

Pensar em uma loja própria pode ser mais vantajoso pelo ponto de vista da independência e por não precisar dividir os lucros. No entanto, o trabalho e os riscos gerados pela inexperiência no mercado de lojas de conveniência serão maiores.

Se você ainda não conhece bem este nicho, você pode optar pela formação de uma parceria. É importante fazer uma análise do que cada empresa do ramo pode lhe oferecer e o que ela exige para participar do empreendimento. A principal vantagem de uma franquia  é poder contar com a experiência de quem entende do mercado de conveniência.

Escolha o local da sua loja conveniência

Agora que você já analisou o mercado e definiu suas personas, é hora de definir a localização do negócio e avaliar o tamanho que a sua loja vai ter.

Outra questão relevante é a facilidade de acesso à sua loja e a comodidade que ela oferece. Ofereça estacionamento e avalie também a presença de pontos de ônibus ou estações de metrô nas proximidades. Além de garantirem fluxo para a sua loja, facilitam o acesso aos clientes. Um bicicletário também pode ser um diferencial.

Defina a estrutura da sua loja de conveniência

Agora que você já analisou o mercado e definiu a localização do negócio, é importante avaliar o tamanho que a sua loja de conveniência vai ser. Pois, ele vai determinar, por exemplo, a quantidade de mercadorias que você deverá ter em estoque, para preencher todas as prateleiras.

O tamanho da loja também será decisivo para o valor que você terá que investir de início em mercadorias. Aqui vale calcular quantos produtos e quanto custaria para preencher as prateleiras. Fique atento também a expectativa de público: quantos clientes a loja comporta ao mesmo tempo?

O local deve ser capaz de expor seus produtos, ser agradável e chamativo. Uma loja de conveniência pode ter cerca de 45m², destinados à área de atendimento e circulação de clientes, escritório, caixa e estoque de produtos.

Escolha o nome da sua loja

Criar o nome da empresa não é uma das tarefas mais simples, exige trabalho, criatividade e muita pesquisa, e deve observar detalhes como a facilidade de pronunciar, escrever e lembrar.

É importante também fazer uma pesquisa junto ao INPI (Instituto Nacional da Propriedade Intelectual) para saber se o nome da sua marca está disponível, ou se tem algum nome semelhante no mesmo segmento que pode causar “dor de cabeça” futuramente.

O ideal é que você saiba o passo a passo de como registrar o nome de uma marca.

Mas, vale lembrar que se você optar por uma franquia, não precisará quebrar a cabeça com a escolha do nome da loja.

Escolha sua equipe

 

Como montar uma loja de conveniência sem a equipe certa? Aqui está um dos principais pontos para o sucesso de sua carreira como empreendedor: contratar bem. Uma boa equipe é essencial para fazer um negócio dar certo. Dependendo do tamanho da sua loja, você vai precisar de um comprador, alguém para a área administrativa, gerente e vendedores.

Em muitos casos, no início do negócio, o empreendedor acaba sendo um faz tudo e contrata alguém para auxiliar na área de vendas. Mesmo que esse seja o seu caso, tenha em mente apostar em alguém capacitado e experiente, ou ofereça treinamento. O vendedor está diretamente ligado a lucratividade do seu negócio, bem como a reputação da sua loja. Um mau atendimento pode fazer você perder um cliente para sempre.

O tamanho da sua equipe também será determinado por alguns pontos técnicos, como horário de funcionamento da empresa. Mas nesse primeiro momento não se preocupe em ter uma grande equipe, em geral a estrutura com empreendedor + equipe de vendas funciona muito bem no início do negócio.

Aproveite e leia também: Técnicas de vendas para sua loja vender mais! Esse post pode ser usado para treinar e qualificar os seus vendedores.

Defina sua estratégia de marketing

Aqui nós voltamos para os pontos iniciais. Você já fez uma análise SWOT, definiu suas personas, o ponto comercial, o nome e agora precisa definir a forma de se comunicar com o seu público, desde a fachada da loja até suas redes sociais. Então, vamos lá:

  • Invista em uma fachada atrativa, apostando em novidades para atrair clientes;
  • Tenha um PDV (Ponto de venda) envolvente, acolhedor e principalmente vendedor. Baixe o nosso índice de visual merchandising e confira as principais técnicas de merchandising;
  • Anuncie sua loja nas mídias (jornal, outdoor, rádio, TV e redes sociais) em que suas personas se encontram;
  • O ideal é criar páginas corporativas, ou seja, diferentes das suas pessoais e exclusivas para a sua loja. Como as redes sociais são canais bastante visuais, tome cuidado com as fotos e o conteúdo que vai publicar: ambos devem ser de boa qualidade, e, por isso, não é má ideia contar com um profissional de mídias sociais para lhe ajudar nessa tarefa.

Porém, se você optar por abrir uma franquia, os primeiros itens, em muitos casos, já fazem parte da parceria. Então, vale a pena observar este detalhe na hora de fechar negócio.

#FicaDica: Quer saber mais sobre o assunto? Então, baixe nosso guia rápido redes sociais para lojistas!

Além destes pontos, lembre-se sempre em focar no cliente.

Quais itens vender em sua loja de conveniência?

Os principais produtos de uma loja de conveniência são: bebidas, gelo e comidas rápidas. Mas, você pode vender muito mais do que isso em sua loja!

Alguns produtos do seu mix não são necessariamente bebidas, mas complementam bem o que você já oferece.

Muitas lojas, por exemplo, revendem produtos da Uatt? como copos canudo, canecas e torres de chopp, almofadas de pipoca e outros itens da nossa linha happy hour. Desta forma, contam nosso mix variado de produtos para aumentarem suas vendas.

Estes são ítens em que seu investimento será apenas no produto e a margem de lucro é alta. Então, para começar a ter um fluxo de caixa e uma diferenciação de mercado vale a pena o investimento.

Que serviços oferecer em sua loja de conveniência?

Antes de saber que serviços oferecer em sua loja de conveniência, você precisa da informação mais importante para um empreendedor: conhecer seu público e seu produto!

Viu como é importante você conhecer seu público-alvo e ter suas personas bem definidas? Em várias etapas do seu processo comercial e de marketing você vai ter que utilizar estas informações!

A sua marca precisa ser a primeira que vem à mente do seu consumidor. Ao atingir esse estágio de atendimento, o consumidor não só ficará satisfeito e se sentirá valorizado, como também irá divulgar a sua marca para os seus amigos mais próximos.

Mas como fidelizar os seus clientes? Diante de uma concorrência crescente, como atrair e reter o seu público?

As lojas de conveniência costumam atrair clientes em horários em que os supermercados e restaurantes já estão fechados. É muito comum que esses estabelecimentos tenham um funcionamento 24h. Então, além de oferecer um serviço diferenciado como um local que atende 24h, que tal agregar ainda mais valor ao seu negócio? O que acha de fazer um delivery em sua loja de conveniência? Você pode ir além e oferecer: parcerias, cartão fidelidade, delivery, condições de pagamento facilitadas.

Conclusão

Como você viu, são muitos os detalhes para se pensar para abrir um negócio próprio. Agora que você sabe como montar uma loja de conveniência, é colocar tudo na ponta do lápis e fazer um plano de negócios vai ajudar a reduzir os custos básicos como: aluguel, fornecedores, funcionários, marketing e etc.

Tudo isso é possível quando se há planejamento e força de vontade. Mas, não se esqueça: um passo de cada vez!

Para finalizar, sugerimos alguns outros conteúdos que irão auxiliar como montar uma loja de conveniência e dar primeiros passos rumo ao sucesso:

Continue acompanhando o blog Boas Vendas e receba ainda mais dicas para sua loja VENDER MAIS!