Dicas de exposição para lojas de roupas

Preparamos algumas dicas de exposição para lojas de roupas para que seu negócio encante os clientes e VENDA MUITO! É que a exposição correta das roupas é um atrativo e tanto para despertar o interesse dos consumidores. Pois, além de facilitar para que o cliente encontre o quê procura, pode fortalecer as suas estratégias e, por fim, melhorar os resultados das vendas.

Então, vamos para as dicas de exposição para lojas de roupas:

Dicas de exposição para lojas de roupas

1. Organização visual

A organização da sua loja de roupas é o básico do básico para causar uma boa impressão no cliente.

Quando as peças não são arrumadas de acordo com a coleção, tamanho,tipos de peças de roupas e cores, o seu consumidor fica perdido. Consequentemente, ele terá dificuldade em encontrar aquela peça de roupa tão desejada.

Atrair seu público-alvo para dentro da loja começa a partir da exposição dos seus produtos. Uma vitrine e prateleiras organizadas vai facilitar e muito nesse primeiro e importante passo para conquistar o cliente. Além disso, para 60% dos consumidores brasileiros, a boa disposição dos produtos é o fator mais importante em uma loja.

Para ajudá-lo a fazer a exposição de forma correta, criamos o infográfico venda mais com técnicas de exposição.

2. Iluminação

Uma loja bonita precisa ser vista. Com isso a iluminação ganha maior importância por reforçar a imagem e a presença da marca. Além disso, deixar a loja iluminada à noite pode ser uma boa estratégia. Portanto, valorize a iluminação da sua loja, internamente e também na vitrine.

Se a intenção é despertar o interesse, faça-o para que o facho de luz oriente o olhar dos clientes em potencial.

3. Demonstre os produtos

Manequins e demonstrações da sua equipe de atendimento devem ser um dos principais trunfos para vender mais. Por exemplo, se sua loja for de surf wear, conte uma história com a temática da loja. Deixe o manequim com uma peça de camiseta da coleção que está em alta, uma bermuda que combine, acessórios como bonés, pulseiras e etc, e o toque final: uma prancha de surf para contrastar com todo o conjunto e dar a sensação de que o cliente vai ficar super bem com aquelas roupas.

O importante é fazer com que o seu cliente absorva a mensagem e identifique-se com ela. Clientes são altamente visuais e, diante de uma novidade, a perspectiva pode ser uma grande influenciadora da sua tomada de decisão.

4. Aponte os diferenciais da sua loja de roupas

Vai investir em uma nova tendência ou lançar uma coleção diferenciada? Então, não misture as peças com as antigas, em estoque!

Reserve um espaço para elas, pois esse será um dos grandes atrativos da sua loja de roupas durante o período da campanha.

Quando as peças são misturadas, perde-se o valor da sua campanha, pois o consumidor não vai ter a percepção do quanto a novidade pode ser mais valiosa do que as demais peças da loja.

5. Pesquise referências

A pesquisa faz parte do processo de preparação, por isso, observe o que os outras lojas da região já fazem, ou, busque na internet algumas referências. É importante analisar o que o mercado está fazendo antes de fazer a exposição da sua loja.

Além disso, a pesquisa nos locais servirá também como uma forma de benchmark. Ou seja, você retira ideias da concorrência que podem ser adotadas a seu estabelecimento e alinhar as estratégias para se diferenciar.

6. Agora é hora de divulgar sua loja

Além de serem as ferramentas que seus clientes em potencial mais utilizam, há uma sinergia enorme entre Facebook, Instagram, WhatsApp e Messenger.

Sem contar que ao unir o Facebook com o Instagram, Messenger e WhatsApp, você tem à sua disposição, as mais poderosas ferramentas de marketing para uma pequena empresa.

a) Facebook e Instagram

O Facebook e o Instagram são excelentes canais de comunicação direta com o seu público, e você pode ter retornos positivos nessa estratégia. O ideal é que você faça páginas corporativas, ou seja, diferentes das suas pessoais e exclusivas para a sua loja. Como as redes sociais são canais bastante visuais, tome cuidado com as fotos e o conteúdo que vai publicar. Ou seja, ambos devem ser de boa qualidade, e, por isso, não é má ideia contar com um profissional de social media para lhe ajudar nessa tarefa.

Veja o conteúdo completo sobre Facebook e Instagram no guia rápido redes sociais para lojistas!

b) Whatsapp

O WhatsApp também é uma excelente forma de se aproximar dos seus clientes. Mas se você optar por usar essa ferramenta, deve tomar alguns cuidados. Por exemplo, antes de mandar mensagens pelo aplicativo, é preciso verificar se o cliente em questão aceitou receber ofertas por esse canal no momento em que fez o cadastro na sua loja de roupas, e quais as preferências de compra dele. Afinal de contas, se você não fizer essa segmentação de perfis, vai acabar enviando mensagens de produtos que não lhe interessam. Caso isto ocorra, você pode acabar passando uma imagem negativa para o cliente.

Espero que nossas dicas de exposição para lojas de roupas tenha ajudado. Continue acompanhando o blog Boas Vendas e fique por dentro das tendências do varejo!