Como vender mais com as compras por impulso

Você com certeza já saiu de casa para fazer algo e acabou voltando com alguma compra que não planejava fazer, não é mesmo? Isso se chama: Compras por Impulso! Isso acontece com grande parte das pessoas que entram na sua loja e compram algum produto ou serviço que não estava nos planos, mas mesmo assim elas se interessaram e você fez a venda.

Essas situações conhecidas como compras por impulso não foram planejadas e não estão necessariamente relacionadas a uma necessidade prévia. Porém, aconteceram por conta de alguns estímulos.

Portanto, entender quais são eles, e como fazer para atrair os clientes a entrarem e comprarem na sua loja, é essencial para que as suas vendas por impulso não aconteçam de forma ocasional, mas que sejam estimuladas e induzidas por estratégias planejadas para aumentar os seus lucros.

Como vender mais com as compras por impulso

Quer saber quais são as técnicas que vão ajudar sua loja a vender mais com as compras por impulso? Então, vamos lá!

Atraia o consumidor

Se você quer aumentar as suas vendas, o primeiro é preciso atrair o cliente para a sua loja.  Para fazer isso, você pode investir em estímulos visuais, olfativos e auditivos. Portanto, um ambiente bem iluminado, por exemplo, aumenta o nível de estímulo das pessoas. Já as cores têm o poder de transmitir sensações, como a tranquilidade, com os tons de azul e verde, e a agitação, com o vermelho.

Ambientar a sua loja com música e aromas também são boas estratégia para proporcionar uma experiência positiva ao seu cliente. Desta forma, é possível  aumentar as compras por impulso.

Aproveite para ler: Como gerar Compras por Impulso em uma Loja de Roupas

Análise o espaço da sua loja

Para colocar em prática as técnicas de exposição dentro da sua loja, é preciso que você reconheça o seu espaço e identifique quais são os melhores locais para cada tipo de produto.

A loja pode ser dividida em partes de acordo com a atenção que elas recebem dos clientes. Os fundos e a saída são locais geralmente pouco valorizados pelos consumidores que já percorreram a loja. Por isso, são consideradas zonas frias. Já aquelas que ganham a atenção inicial e têm grande circulação de pessoas são as zonas quentes. Ou seja, que têm mais chances de influenciar o cliente a fazer uma compra.

Lembrando que você pode criar pontos focais nas zonas frias para influenciar os seus clientes a percorrem por toda a loja. Então, bora bora colocar a mãe na massa?

Exponha os produtos nos locais certos

Se você tem promoções, lançamentos e acessórios, por exemplo, eles devem ser expostos nas zonas quentes para atrair ainda mais o público. Desta forma, vai despertar o desejo e criar uma necessidade, que pode ser transformada em compras por impulso.

Nas zonas frias da sua loja devem estar os produtos mais específicos, de marcas conhecidas. Dessa forma, quando o cliente for até ela, já terá sido encantado pelos outros produtos que complementam a sua necessidade. Ou seja, aquela que o motivou a entrar na sua loja.

Então, agora que você sabe onde é o melhor local para cada tipo de produto dentro da sua loja, deve prestar atenção nas melhores formas de apresentá-los aos seus clientes. Para isso vamos usar o conceito de ponto focal. A lógica é o seguinte: exponha o produto que você quer que tenha mais vendas na altura dos olhos do seu cliente. Simples, não é mesmo?

Quer mais dicas como essa? Então, leia também: O que é zona quente e fria – Identifique esses pontos em sua loja

Aproveite os espaços perto do caixa para gerar Compras por Impulso

Como vender mais com as compras por impulso

Quando alguém chega ao caixa para pagar as suas compras significa que ele já encontrou tudo o que iria comprar, certo? Não necessariamente. Esse é o momento para estimular as compras por impulso. Desta forma, você vai  aumentar ainda mais as suas vendas, consequentemente.

Produtos pequenos e com baixo valor unitário podem ser expostos próximos ao caixa. E para você decidir quais serão, pense naqueles que complementam a compra do cliente. Então, se ele escolheu uma câmera fotográfica e enquanto estiver aguardando no caixa se deparar com uma capa de proteção para ela, por exemplo, pode se interessar e levá-la junto, em uma compra casada.

Nesses casos, a forma como você vai expor esses produtos também influencia na decisão de compra do seu cliente. Faça uma experiência: coloque pequenos cestinhos próximos ao caixa de forma que os produtos tenham um visual organizado. Você vai notar que as vendas vão aumentar, e que esses produtos passarão a ser de alto giro.

Isso acontece porque essa forma de expor os produtos complementares, como chaveiros, limpador de lentes, alça de câmeras e até mesmo capas de celulares, passam a impressão de itens em promoção e também faz com que o cliente compre um item simples mas que ele realmente estava precisando mas não lembrava. E os motivos disso acontecer, são: baixo custo, necessidade, compras por impulso e prazer.

Esses são detalhes que podem parecer simples, mas acredite: saber onde e como expor os produtos para gerar interesse e criar uma necessidade influencia e muito, na decisão de compra do consumidor, principalmente se ela for feita por impulso.

Boas vendas! 😉

Manual de Contratar um bom Vendedor