Vender cosméticos é lucrativo?

Como todo negócio, não é uma regra dizer que vender cosméticos é lucrativo. Mas, saber que está investindo em um dos segmentos mais estáveis e que mais crescem no Brasil é bem otimista!

Porém, para que você tenha rentabilidade e lucratividade com uma loja de cosméticos, é necessário muito foco e disciplina, aliados a um bom plano de negócios.

Vender cosméticos é lucrativo? Como está o segmento?

Atualmente, o Brasil está em 4º lugar no ranking de consumo de produtos de higiene e limpeza. Isto se deve ao aumento do poder de compra da classe C, ao envelhecimento da população e também aos novos hábitos dos homens, que estão cada vez mais vaidosos.

O cenário de crescimento do mercado de cosméticos para 2019 é positivo e com isso, as oportunidades também aumentam. Hoje já existem diversas opções para se tornar um revendedor de produtos de beleza. Então, cabe apenas à pessoa avaliar as propostas diferentes que o mercado oferece, analisar os riscos envolvidos, investimentos iniciais e assim tomar a decisão mais adequada.

Adequação às novas tendências e realidades

O mercado da beleza está em constante evolução e a todo momento surgem novos produtos e técnicas que se adequam às tendências e realidades, o que mantém o setor sempre aquecido.

Podemos citar como exemplo a evolução das linhas cosméticas voltadas para o público masculino, cuja procura tem um crescimento exponencial.

Outro exemplo é o desenvolvimento de produtos naturais e orgânicos, que acompanham a tendência sustentável que cresce cada dia mais.

Além disso, o segmento proporciona empreender com baixo investimento inicial, o que dá uma boa ideia de que vender cosméticos é lucrativo.

Por fim, podemos afirmar que a combinação da tradição de um segmento forte, comportamento positivo do consumidor e dados e projeções promissoras tornam o segmento um setor de crescimento potencial e uma excelente oportunidade de empreender.

Como montar uma loja de cosméticos

Então, se você já se convenceu que vender cosméticos é lucrativo e tem vontade de abrir a sua própria loja, veja quais são os passos mais importantes para que você tire seu sonho do papel!

1. Definindo seu público alvo

Ele, sempre ele, o “público alvo”. É conhecendo seu cliente que você vai definir que produto comprar, como divulgar e como atender de forma satisfatória.

Você vende mais para homens do que mulheres? Qual a faixa etária que mais compra em sua loja? Qual a renda da região onde sua loja está?

Enfim, todas essas respostas vão definir o quê comprar e como divulgar seu negócio.

2. Localização

É claro que para abrir uma loja, você precisa de um espaço físico, não é mesmo? Porém, para escolher o local onde você vai montar a sua loja de cosméticos, você precisa levar em consideração dois principais fatores: a localização e o custo.

Se você tiver condições de comprar o seu ponto comercial e possuir um espaço próprio, essa é a melhor opção, pois assim você não terá que se preocupar em pagar aluguel todos os meses.

No entanto, se você ainda não pode comprar o seu estabelecimento, pode optar por alugar um para abrir a sua loja. E é aí que vem a segunda parte importante desse processo: onde alugar?

Sendo assim, o ideal é que você já tenha em mente quem é seu público alvo e procure por um lugar bem próximo ao que ele se encontra. Ou seja, um local onde estejam concentradas a maior parte das pessoas da sua cidade com as características de seu público. Desta forma, o movimento perto da sua loja é maior e consequentemente, haverá maiores chances de vender.

3. Estrutura física

Vender cosméticos é lucrativo

Agora que você já tem o lugar definido, pode comprar os móveis necessários de acordo com o tamanho do seu estabelecimento. Para uma loja de cosméticos,você vai precisar basicamente de:

  • caixa;
  • prateleiras;
  • uma vitrine;
  • um computador;
  • espelhos;
  • cadeiras/poltronas;

O tamanho de uma loja de cosméticos deve ficar em torno de 35 e 55 metros quadrados para a montagem desta estrutura.

Você pode comprar os seus móveis prontos caso a vontade seja economizar, ou se preferir, pode encomendar os móveis sob medida para compor a sua loja.

No entanto, os móveis sob medida são um pouco mais caros, porém, por serem planejados para o seu ambiente, você conseguirá posicioná-los como desejar e conseguirá aproveitar muito mais o seu espaço disponível.

A vitrine de vidro é para ser colocada na frente da loja, para você expor alguns produtos que possam chamar a atenção de quem está passando na rua. Lembre-se que a vitrine é o primeiro contato visual do seu cliente com a sua loja!

4. Iluminação

Um ponto muito importante que geralmente é esquecido é a iluminação da sua loja. Porém, como se trata de uma loja de cosméticos, ter um ambiente bem claro é fundamental para que os clientes possam encontrar os produtos e ler os rótulos das embalagens com mais facilidade.

A melhor opção de lâmpadas para a sua loja são as fluorescentes brancas. As lâmpadas de LED também são uma ótima alternativa e são extremamente econômicas, mas o seu custo é bem maior. Então, fica a seu critério escolher qual delas é melhor para a sua loja, pois o importante é ter um espaço bem iluminado, independente de qual lâmpada se utiliza.

5. Produtos

Olha quem apareceu aqui de novo: o “público alvo”. É conhecendo seu cliente que você vai definir que produto comprar.

Uma vantagem das lojas de cosméticos é sua variedade de produtos, o que torna sua loja atrativa automaticamente.

Basicamente, uma loja de cosméticos é composta pelos seguintes produtos:

  • Cabelos – shampoos, condicionadores, cremes de hidratação, óleos, tinturas e reparadores de pontas.
  • Unhas – esmaltes, alicates, removedores de esmalte, hastes flexíveis, palitos, algodão, lixas e polidores.
  • Corpo – cremes hidratantes, sabonetes líquidos e em barra, esfoliantes, cremes depilatórios, cremes de massagem e ceras para depilação.
  • Maquiagem – bases, pó compacto, corretivos, rímel, sombras, delineador, batom, demaquilante e lápis.
  • Higiene – sabonetes, sais de banho e desodorantes.

Portanto, esses produtos são os mais básicos, isto é, que não podem faltar de jeito nenhum em sua loja. Porém existem outros tantos, como: kit maquiagem e manicure e nécessaire para carregar todos os produtinhos básicos, espelhos e muito mais, que irão incrementar seu mix de produtos e aumentar seu faturamento!

itens para vender em sua loja de cosméticos

Então, colocando em ação este plano de negócios e trabalhando com garra você vai perceber como vender cosméticos é lucrativo e que você poderá aumentar seu faturamento dando mais opções para seus clientes com um mix de produtos diferenciado.

6. Contratação de equipe

Como o espaço da sua loja será pequeno, uma vendedora e uma caixa são suficientes para atender com eficiência, inicialmente. 

Porém, se perceber que o negócio está ganhando proporção e o fluxo de clientes aumentou, avalie contratar mais uma vendedora.

7. Divulgação

Vender cosméticos é lucrativo, mas o dinheiro não cai do céu. Portanto, uma boa divulgação é indispensável para o sucesso de sua loja de cosméticos. Afinal, é preciso que ela seja conhecida pelo público.

como divulgar sua loja de cosméticos

Para a inauguração de sua loja, o ideal é distribuir panfletos, e quem sabe até cupons de desconto para a data, nas proximidades do seu ponto comercial e em outros locais de boa circulação de pessoas.

Entre as principais estratégias de marketing para os pequenos lojistas estão as redes sociais. Isto devido o baixo investimento e retorno rápido, principalmente no Facebook e no Instagram (que é  mais visual). No caso do insta, uma boa estratégia é a contratação de influencers. Então, dá uma olhadinha no post Influenciadores digitais: por que apostar em sua loja? e veja por que vale a pena este tipo de divulgação.

O ideal é você criar  uma fanpage mostrando os seus produtos e informando as promoções de sua loja de cosméticos. Então, veja mais dicas no guia rápido redes sociais para lojistas!

Guia básico redes sociais para lojistas