O que esperar e como aumentar as vendas na Black Friday

O que esperar e como aumentar as vendas na Black Friday 2020

Chegou a época mais esperada do ano e as expectativas para aumentar as vendas na Black Friday também. Em um ano de total resiliência em que vivenciamos momentos de crise sem precedentes nessa geração, se preparar e estudar para reverter cenários econômicos é fundamental. Mas, a pergunta que não quer calar é: como fica a situação de compra vs. venda em 2020, onde o mercado mudou tanto e adaptações precisaram – e ainda precisam – ser feitas a todo momento? 

Se ajeita na cadeira e pega o seu caderno de anotações, porque trouxemos informações e dicas que vão te ajudar a se preparar e a impulsionar suas vendas. 

Comportamento do mercado e o que esperar da Black Friday

Diversas pesquisas de mercado estimam que o cenário de pandemia pode fazer com que o varejo bata recorde de vendas online durante a Black Friday 2020, prevendo cerca de 27% a mais de vendas em relação ao ano passado. Isso se deve muito ao fato das mudanças que ocorreram ao longo dos últimos meses. Quem já comprava online, comprou mais; quem ainda tinha medo, desenvolveu segurança; e quem não sabia comprar nos meios digitais, aprendeu. Logo, é fácil perceber que, por mais que as pessoas estejam voltando às ruas, o digital vai ter relevância enorme nas vendas desse período.

E atenção: segundo o Google, a busca por produtos de decoração cresceu 51%, entre fim de agosto e final de setembro, em relação a última Black Friday (2019). Foco, lojista, esse momento é seu!

Dicas para vender mais 

Os itens de decoração aparecem entre os mais vendidos durante a pandemia, e a tendência é continuar assim. Muitas pessoas permanecem isoladas, ou passam mais tempo em casa, devido a aderência de empresas ao formato home office e ao estilo home schooling de estudos. Com isso, é natural que continue sendo investido tempo e dinheiro em produtos que tornam os ambientes mais agradáveis, bonitos e confortáveis. Além disso, com a flexibilização do retorno à rotina, as pessoas estão matando a saudade de quem não viam há tempo e, somado as datas festivas de fim de ano, a tendência por procura de presentes aumentou. Use isso a seu favor e dedique atenção especial às vendas na Black Friday

  • Prepare materiais gráficos tanto para o site quanto para a loja física. Por mais que o período seja conhecido por todos, nem todas as lojas vão aderir aos descontos atrativos. Então mude sua forma de comunicar e mostre que você realmente tem algo a oferecer. Não adianta ter descontos bons, se a informação não está chegando de forma adequada para os clientes.
  • Motive a sua equipe, porque a equipe motivada vende mais! Além do treinamento que já citamos, que tal oferecer bonificações e prêmios alinhados com metas e objetivos?
  • Cuide da exposição e escolha de produtos em oferta. A pandemia trouxe mudança na forma de consumir, por isso, para as vendas na Black Friday 2020, atente-se às preferências e categorias de produtos mais consumidos por seus clientes nos últimos meses. Mas tenha em mente que as pessoas estão retornando à vida lá fora, então faça um mix de produtos mais desejados da sua loja + os campeões de vendas de forma geral + aqueles produtos que as pessoas esperam ter oportunidade de comprar com desconto. 
  • Além de descontos por itens individuais, aposte em descontos progressivos para aumentar o ticket médio. 

Cross selling – ou venda cruzada – é uma alternativa sempre válida, principalmente quando se considera o desejo de aumentar as vendas naBlack Friday. Aposte na oferta de produtos que se complementam.

Gostou dessas informações? Fique de olho aqui no blog e acompanhe mais dicas e orientações de como explorar melhor a sua Black Friday. Boas vendas!