Como fazer projeção de vendas em sua loja

Fazer com que sua loja “colha bons frutos” é o resultado de um planejamento estratégico bem elaborado. Por isso, dentro de um planejamento, algumas ferramentas são necessárias. Entre essas ferramentas está a projeção de vendas, que é a perspectiva de vendas dentro de um negócio, bem como as receitas e faturamento oriundos delas.

A projeção de vendas auxilia o lojista na relação com colaboradores, fornecedores, reposição de estoque, cálculo de custos, definição de focos de investimentos, etc. Ou seja, é um recurso fundamental para o sucesso de uma loja.

Não há uma fórmula secreta para se realizar uma projeção de vendas. Porém, alguns parâmetros devem ser sempre analisados. Por exemplo, as condições de mercado, a margem de lucro possibilitada pelo produto, a receptividade do mercado, o histórico de vendas e a constante análise das métricas financeiras.

Então, continue lendo e veja a importância da projeção de vendas para sua loja e como implantá-la na prática.

O que é a projeção de vendas?

A projeção de vendas é uma previsão de qual será a receita de uma empresa em um determinado período. Para chegar a esses valores, são levados em consideração fatores como: sazonalidade, a estabilidade do negócio, entre outros.

Esse tipo de previsão é indispensável para o planejamento de negócios de uma empresa. Em especial, em pequenas empresas, que buscam por sua consolidação no mercado. O responsável por esse processo deve ter atenção, pois qualquer falha grave pode prejudicar o crescimento da empresa.

Mas quais são as principais técnicas usadas para a projeção de vendas? Vamos listar aqui algumas indispensáveis. Então, vem com a gente!

Experiências passadas

Mesmo em negócios pequenos, é fundamental basear-se nas experiências de venda que sua loja já possui. Elas permitem realizar uma projeção e descobrir como será seu desempenho no período avaliado.

Para isso será necessário reunir o máximo de dados e informações das vendas realizadas em períodos anteriores, para analisá-los. Separe mês a mês para identificar se alguma ação diferente foi realizada. Por exemplo, ações de marketing, promoções, lançamentos, datas sazonais e etc.

Lembre-se, quanto mais dados e informações reunidos, melhores e mais precisos serão os resultados. Vale ressaltar também que quanto maior o período avaliado, mais fácil será realizar a projeção de venda dos meses seguintes.

Movimentações do mercado

Caso o seu negócio seja afetado pela sazonalidade, é necessário que você também faça projeções de mercado. Dessa forma, vai obter uma análise mais precisa.

Então, vamos para alguns exemplos. Analisar lojas com propostas, atuação e porte semelhantes à sua é uma boa maneira de se criar essa projeção. Os indicadores oferecidos pelo mercado e institutos de pesquisa também podem auxiliar na sua projeção. Observar as expectativas de crescimento do segmento no qual seu negócio está inserido, por exemplo, ajudará na elaboração das estratégias.

Margem de contribuição

A margem de contribuição é um indicativo que aponta quanto a loja tem disponível após a realização das vendas e pagamento. Ou seja, a margem de contribuição revela o lucro que cada produto ou serviço gera.

Para fazer esta projeção, é preciso identificar o valor dos produtos que sua loja comercializa e seus custos de produção.

Após isso, é hora de calcular a quantidade de unidades que você precisará vender. Esse cálculo serve para que o empreendimento encerre o mês cobrindo os próprios gastos (contas, impostos, materiais de expediente e etc.). Isso mostra o quanto é necessário para fechar o mês sem lucro e sem prejuízo.

Essa é uma projeção mais genérica. Portanto, deve ser analisada em paralelo com outros tipos de projeções.

A projeção ajuda a definir se um negócio é operacionalmente eficiente e quais canais de distribuição são mais efetivos. Também aponta quais produtos geram maior rentabilidade, entre outras informações que ajudarão o empreendedor. Esses dados ajudam a tomar as decisões necessárias e desenvolver planos de ações focados em resultados cada vez melhores.

Automatize seus processos

A automatização oferece grandes benefícios e melhores resultados. Afinal, um bom software de gestão trás métricas mais precisas e otimiza o tempo, facilitando a vida do gestor na projeção de vendas.

Os programas de gestão têm a capacidade de emitir relatórios com informações e dados detalhados. Assim, será possível descobrir quais são os pontos precisam melhorar.

Com o software de gestão será possível avaliar quais os produtos e serviços oferecidos que são mais vendidos e procurados. Também é possível saber, quais são os que necessitam de mudanças para agradar aos clientes.

Elaborar uma projeção de vendas da forma adequada exige muita atenção e dedicação. Afinal, os indicadores desempenham um papel imprescindível para o planejamento das próximas ações de uma empresa.

Acompanhe os resultados

De nada adianta fazer ótimas projeções se os resultados das estratégias não forem analisados. É por meio disso que é possível validar o que tem sido feito e aperfeiçoar o que não tem funcionado. Um negócio de sucesso se faz de uma constante e incontável análise de resultados e reformulação de estratégias.

Enfim, fazer a projeção de vendas é trabalhoso, porém, é uma peça-chave para o sucesso do seu negócio.

Continue acompanhando nosso blog e Boas Vendas!