Como calcular a margem de lucro da sua loja

Ao realizar o sonho de abrir seu próprio negócio, muitos empreendedores se deslumbram com a conquista e pelos horários mais flexíveis e a possibilidade de maior rentabilidade. Contudo, há uma dúvida muito crucial para o lojista: como calcular a margem de lucro de um produto ou serviço e saber se está indo para o caminho certo?

Como calcular a margem de lucro

Acompanhar e avaliar a lucratividade da sua loja é essencial para o sucesso da mesma.

O problema é que quando não se tem o controle sobre margem de lucro de um produto ou serviço o empreendedor pode estar gastando mais dinheiro do que ganhando, e desta forma, acaba se endividando.

Pensando nisso, criamos este post para demonstrar como calcular a margem de lucro da sua loja:

Margem de lucro bruta

Resumidamente: lucro é a diferença entre o faturamento obtido com as vendas de um produto ou serviço e os custos de execução do trabalho.

A margem de lucro bruta é um valor percentual da relação entre o lucro bruto e a receita total.

Por exemplo: seu cliente comprou uma luminária e esse produto custa para ele R$149,90.

Os gastos da sua loja com a compra do produto são R$ 69,90. Fazendo as contas, chegamos a um lucro de R$ 80,00 neste produto.

E como calcular a margem de lucro de um período? Simples, é o mesmo cálculo!

Ou seja, você vai somar todo o faturamento do dia, semana, mês ou ano e, desse total, tirar tudo o que foi gasto com o produto ou para realizar os serviços. Sendo assim, o que sobrar será o lucro do período.

A partir dessa informação, você já consegue visualizar como anda o negócio.

Mas, ainda há mais uma conta para fazer: a da porcentagem de lucro! Ela que demonstrará a situação da empresa.

A fórmula para o cálculo da margem de lucro é simples: divida o lucro pela receita total e multiplique o resultado por 100.

Veja o exemplo de uma loja que faturou R$ 10 mil em um mês e teve custos de R$ 6 mil no mesmo período.

  • Receita total: R$ 10.000
  • Custos: R$ 6.000
  • Lucro: R$ 10.000 – R$ 6.000 = R$ 4.000
  • Margem de lucro: R$ 6.000/R$ 10.000 = 0.60 x 100 = 60%

Pelos cálculos, a margem de lucro da loja foi de 60%.

Porém, apenas o cálculo da margem bruta não vai te dar a real situação financeira do seu negócio!

Será preciso ir mais a fundo e saber também como calcular a margem de lucro líquida e mark-up.

Margem de lucro líquida

A diferença de como margem de lucro líquida para a bruta é que, além dos custos do produto, é necessário calcular também:

  • Impostos sobre faturamento;
  • Tributação e encargos sobre folha de pagamento e outros;
  • Aluguel ou manutenção da loja;
  • Telefone, água, luz, Internet etc.;
  • Despesas com a equipe interna/externa.

Ou seja, o lucro líquido de um serviço ou de um produto é obtido a partir do lucro do bruto, menos tributação e despesas fixas e variáveis.

Para a margem líquida, divida esse valor pelo total da receita. O cálculo é quase parecido: margem líquida = lucro líquido após os impostos / receita total x 100.

Vamos lá:

  • Receita total: R$ 10.000
  • Custos: R$ 6.000
  • Impostos: R$ 500
  • Despesas fixas e variáveis: R$ 1.200
  • Lucro líquido: R$ 10.000 – R$ 6.000 – R$ 500 – R$ 1.200 = R$ 2.300
  • Margem de lucro líquido: R$ 2.300/R$ 10.000 = 0,23 x 100 = 23%

Mark-up

Outra forma de calcular o preço de venda é utilizar o conceito de Mark-up, que é valor desejado de margem de lucro adicionado ao preço de custo do produto.

Todavia, o mark-up desconsidera que a venda do produto deve remunerar os custos variáveis e fixos, além das despesas financeiras.

Sendo assim, o foco na análise do mark-up pode esconder uma perda de lucratividade.

A lição para os lojistas é tentar incluir, no cálculo de margens, a parcela de custos fixos operacionais que o preço de vendas deve cobrir.

Com isso, chega-se ao conceito de margem bruta que falamos anteriormente.

Como dissemos, este conceito também não revela a verdadeira margem, pois uma empresa com muitas despesas financeiras pode apresentar boa margem operacional, mas prejuízo final.

Para analisar a verdadeira margem, deve-se olhar a margem líquida, definida como a relação entre o lucro líquido e a receita líquida de vendas da empresa.

Sendo assim, entende-se que nenhum conceito é perfeito, mas, todos (mark-up, margem bruta e margem líquida) são úteis. Porém, é necessário ter sempre em mente as limitações e usos de cada um.

Por que calcular margem de lucro?

Saber que, a cada R$ 50 que entram de receita no caixa, R$ 40 são usados para pagar todos os custos e sobram R$ 10 pode ajudar você a avaliar a saúde financeira do negócio.

Afinal, com a margem líquida, você pode identificar quanto realmente sobra do preço cobrado.

Contudo, é bom ficar atento!

Antes de qualquer decisão, verifique mais a fundo, faça essas contas e tenha um relatório mais preciso do seu financeiro.

Depois do lucro, a rentabilidade

Após identificar a margem de lucro, você precisa fazer uma análise mais precisa sobre cada venda.

Isso porque é fundamental identificar se há algum produto rendendo mais ou menos do que a média, diminuindo a lucratividade, exigindo muitos recursos e tomando seu tempo sem o retorno necessário.

A forma mais precisa de fazer a análise das vendas é calculando separadamente os recursos utilizados. Assim, você pode distribuir melhor os esforços na compra e divulgação do produto e conseguir dar ênfase para aqueles que considerar mais importantes.

A ideia é que vale a pena cuidar de detalhes da análise para ter um panorama mais preciso da realidade financeira da empresa e conseguir fazer o negócio dar certo!

Lucratividade e rentabilidade são maneiras básicas mas importantes para avançar nesse tipo de decisão.

Agora que você já sabe como calcular a margem de lucro, veja uma dica para vender mais!

Veja como aumentar o faturamento da sua loja

Quer aumentar a rentabilidade e o faturamento da sua loja em até 40%? A Uatt? conta com um mix de produtos com margem de lucro de até 60% comprovada.

Além de aumentar seu faturamento, sua loja vai encantar ainda mais seus clientes.

Com as diversas opções de parceria disponíveis, é possível levar um pedacinho do nosso encanto para o seu ponto de venda.

Com presentes criativos para todas as ocasiões e datas comemorativas você aumenta não só o seu faturamento, mas também a variedade de oferta. Estamos sempre criando e lançando produtos para espalhar a emoção e a alegria de presentear.

Temos um time de consultores especialistas em varejo para ajudar você a vender muito mais.