Como abrir um CNPJ – Tire suas dúvidas

Se você está começando a planejar o seu negócio, o primeiro passo é saber como abrir um CNPJ. Hoje muitos empreendedores que desejam ter o seu próprio negócio precisam se formalizar na Receita Federal. E é ai onde as dúvidas e indecisões começam. Muitos pensam que se formalizar e abrir um CNPJ é um “bixo de 7 cabeças”. Mas não é!

O CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) é um item obrigatório no Brasil para quem deseja abrir um negócio (ex: uma loja) ou até mesmo fornecer serviços para terceiros (ex: uma consultoria de vendas). Ele é como um certidão de nascimento, um RG ou CPF: se você não têm, você legalmente não existe! E para começar da maneira correta e evitar futuros problemas com a Receita Federal, é essencial que você formalize sua empresa tirando o seu CNPJ.

Para te ajudar a ter seu próprio negócio e a abrir um CNPJ, nós vamos falar nesse post sobre como se formalizar no MEI e também vamos tirar as principais dúvidas dos empreendedores.

Como abrir um CNPJ e se formalizar no MEI

Todo negócio, começa pequeno e aos poucos. Somente com as muita estratégia e planejamento é que eles vão se desenvolvendo e ganhando mais força no mercado. Mas antes do sucesso, uma boa forma de começar do jeito correto é se formalizando como um MEI (Micro Empreendedor Individual) e assim poder abrir um CNPJ.

Mas afinal, o que é o MEI?

Como abrir um CNPJ

MEI, assim como já diz o nome, é um Micro Empreendedor Individual. Ou seja, uma pessoa que deseja trabalhar por conta e abrir o seu próprio negócio, se tornando assim um empresário. Sem a necessidade de ter sócios, com a formalização do MEI você pode faturar até R$ 60,000 por ano, o que já é um ótimo passo para quem está começando.

Como faço meu cadastro no MEI?

Para fazer o cadastro e a formalização do MEI é simples e rápido!

Para ser cadastrar, você precisar ter o seu CPF, Título de Eleitor e número do recibo do imposto de renda. Depois de separar esses documentos, entre o site: http://www.portaldoempreendedor.gov.br/ e clique em “Quero me formalizar” e faça o seu cadastro.

Ao finalizar, você já terá o seu número do CNPJ em mãos, o carnê de pagamento mensal (DAS) e a senha do portal da sua cidade para a emissão de notas fiscais.

*Dependendo do seu estado, você vai ter que se dirigir a um cartório para reconhecer firma e ir então a um órgão público (cada estado tem um nome diferente) e levar a carta de CNPJ e o reconhecimento de firma para a liberação da senha que emite as NFs. Em caso de dúvidas, entre em contato com um contador da sua cidade pelo site da FENACON, que o mesmo vai te auxiliar gratuitamente para sua formalização.

Mas vou poder contratar um funcionário?

Como abrir um CNPJ e ter um funcionário

Sim, sendo MEI, você pode fazer a contratação de apenas 1 funcionário com o pagamento de um salário mínimo ou de acordo com a categoria da função escolhida. Lembrando que esse funcionário não pode ser considerado sócio – já que essa formalização não permite.

Como MEI, eu vou poder abrir um CPNJ?

Sim! Assim que você formalizar o seu cadastro no MEI, automaticamente será gerado um número e um cartão de CNPJ.

E os impostos, como ficam?

impostos - como abrir um cnpj

Essa é a questão que os empreendedores mais temem ao decidir abrir um negócio. Mas aqui vai uma dica: com a formalização do MEI, você pode ficar muito mais tranquilo quanto a isso.

O empreendedor tem um imposto fixo quando opta pelo MEI, e essa é uma das grandes vantagens: legalmente você vai pagar por mês uma taxa de R$ 45,40 no máximo. Essas taxas variam de acordo com a sua categoria de empreendedor, e estão relacionadas a R$ 39,90 de INSS, mais R$ 5,00 de prestação de serviços ou de R$ 1,00 caso seu negócio esteja ligado ao comércio (varejo) e indústria.

Essas taxas são pagas via boleto, que você emite assim que faz o seu cadastro no Portal do Empreendedor.

Vantagens de abrir um CNPJ como um MEI

  • Pode emitir notas fiscais;
  • Direito da aposentadoria por idade ou invalidez;
  • Direito ao auxílio maternidade;
  • Direito ao auxílio doença;
  • Consegue negociar melhor com fornecedores;
  • Consegue comprar com grandes fornecedores;
  • Se torna uma empresa legal;
  • Consegue abrir conta no banco em nome da sua empresa, ganhando assim vantagens de empréstimos e juros baixos.

Então, já sabe como abrir um CNPJ e se formalizar no MEI? Desejamos a você boa sorte e sucesso no seu negócio! Se você tiver alguma dúvida ou quiser acrescentar mais alguma dica, deixe nos comentários!

 Como montar uma loja de presentes