Black Friday: como lojistas podem se preparar para a data

A Black Friday é um dia de descontos organizado pelo varejo que acontece sempre na última sexta-feira de novembro. Então, é importante você já se preparar para o evento, que é um dos principais de vendas do país.

Black Friday foi criada nos Estados Unidos e “importada” por outros países, como o Brasil, onde começou, em 2011, como um evento exclusivamente online. Porém, nos anos seguintes passou para o varejo físico e atualmente atinge desde o pequeno até o grande varejista.

Veja como se preparar para a Black Friday:

Faça um planejamento para a Black Friday

Para participar da Black Friday é importante que você saiba que o trabalho começa muito antes do dia 23 de Novembro. Portanto, o ideal é que você faça um planejamento com todos os pontos que deverão estar alinhados até a data.  Ou seja, planejar os preços promocionais, divulgação, estoque, atendimento, e quanto antes você começar, melhor.

1. Preços Promocionais

Devido a grande repercussão da Black Friday nos últimos anos, milhares de consumidores e também de órgãos de defesa estão atentos às lojas participantes. Por isso, para participar da Black Friday é preciso que você crie descontos verdadeiros e que sejam realmente atrativos aos olhos do cliente.

É bem provável que sua margem de lucro seja reduzida, mas a ideia aqui é que esse fator seja compensado no volume de vendas e na percepção de marca. Aqui também entra a gestão do seu estoque: a Black Friday aumentará o giro do produto na sua loja, liberando estoque e preparando o seu ponto de venda para a data mais importante do varejo, o Natal.

2. Estoque

Faça uma análise o quanto antes do seu estoque, levante os produtos que estão fora de linha, produtos que podem ser promocionados e, principalmente, os que estão em liquidação.

Além disso, é importante analisar a quantidade de estoque de cada um deles para sua loja não perder o controle de vendas na Black Friday. Lembre-se que são 24h, uma semana (Black Week) ou o tempo que você desejar estender a promoção, de evento para a sua loja aproveitar e vender muito!

Em lojas virtuais a atenção com a quantidade de produtos em estoque tem que ser redobrada na Black Friday, por isso vale alguns cuidados como:

  • Cuide para não vender produtos que já acabaram;
  • Se um cliente optou por boleto, separe o produto para ele até o vencimento;
  • Tenha um controle preciso do seu estoque.

E se sobrar estoque, o que fazer?

Não se preocupe! Como após o Black Friday começam as compras de Natal, sua loja pode montar um espaço de produtos com descontos para direcionar os clientes que estão querendo economizar nas compras de presentes para amigo secreto, que dificilmente comprarão algum produto acima de R$ 30,00 ou até mesmo para quem procura uma lembrancinha de Natal.

Aproveite e Baixe Grátis: Planilha de controle de estoque para sua loja (Curva ABC)

3. Prepare sua comunicação

Enquanto a Black Friday não chega, elabore também as suas estratégias de comunicação. Aproveite para informar a sua base de clientes através de e-mail marketing que a sua loja participará da Black Friday. Desta maneira você fará com que pessoas que já são clientes voltem a comprar com você.

Crie ações de divulgações em redes sociais, como uma contagem regressiva no stories do Instagram, por exemplo.

Com o nosso guia rápido redes sociais para lojistas você vai ter uma ajudona pra sua loja voar rumo ao sucesso e vender mais através das redes sociais nesta Black Friday. Baixe grátis clicando aqui!

No dia da Black Friday capriche no layout da sua loja, ou em caso de loja virtual, indique por todo site os descontos dos seus produtos. Inclua também diferentes Call-to-action (chamada para ação) para que o consumidor seja atraído para realizar a compra.

Uma boa estratégia é utilizar Landing Pages (páginas de conversão muito usadas em campanhas de marketing digital, para captação de novos clientes) para captar e-mails com intuito de aumentar ainda mais a sua base e continuar com a prospecção de novos clientes após a Black Friday.

Também é preciso pensar na vitrine, que é um ótimo atrativo de clientes e é peça-chave do desempenho de uma loja na Black Friday, independente se esta é na rua ou no shopping. Por isso, quanto mais decorada a fim de comunicar os descontos a vitrine estiver, mais vendas serão realizadas.

4. Faça um bom atendimento em todos os canais

Com a maior parte das informações disponíveis na internet, os clientes têm recorrido aos lojistas não só para tirar dúvidas sobre produtos, mas também em busca de um atendimento personalizado. Nesse contexto, uma maneira de sua loja se diferenciar nesta Black Friday é oferecendo um atendimento de excelência aos clientes.

Veja no post faça um bom atendimento em todos os canais algumas boas práticas para os canais mais utilizados.

5. Fornecedores

Fornecedores e lojistas precisam agir juntos neste período. Dessa forma, as negociações precisam acontecer rapidamente, evitando demora na entrega e falta de produtos nas prateleiras da loja.

Portanto, ter os fornecedores como parceiros será um importante passo para o varejista evitar as rupturas de estoque.

Conte com a Uatt? para fazer uma Black Friday de sucesso em 2018! Falando nisso….

Nossa Black Friday JÁ COMEÇOU para nossos lojistas parceiros e os descontos estão imperdíveis! Mas ó, se liga que eles são regressivos, ou seja, na primeira semana é supehiper descontão, na segunda é super descontão, na terceira é descontão e assim por diante.

Então já sabe, né? Cooorre pra não perder os melhores descontos!